24.10.19

Sulwe, livro de Lupita Nyong’o que teve seu lançamento no último dia 15, está na lista Children’s Picture Book de Best Sellers do The New York Times em segundo lugar.

A lista feita pelo jornal é uma das mais importantes, e mostra os livros mais vendidos da semana.

Sulwe é um livro infantil escrito por Lupita Nyong’o, que fala sobre colorismo e tem como intuito ensinar crianças a aceitarem e amarem sua aparência.

16.10.19

Os apresentadores do BAFTA Los Angeles Britannia Awards deste ano foram revelados, com nomes notáveis ​​como Vin Diesel, Donald Glover e Lupita Nyong’o.

Diesel entregará a Jackie Chan o Prêmio Albert R. Broccoli Britannia de Contribuição Mundial ao Entretenimento, enquanto Glover entregará a Phoebe Waller-Bridge seu Britannia Award de Artista Britânica do Ano.

Nyong’o entregará a Jordan Peele o John Schlesinger Britannia Award de Excelência em Direção, John C. Reilly entregará a Steve Coogan o Charlie Chaplin Britannia Award de Excelência em Comédia, e Kerry Washington estará no palco para dar a Norman Lear o Britannia Award Excelência em Televisão.

O comediante britânico James Veitch, conhecido por seus populares TED Talks, sediará a cerimônia da Britannia deste ano, que acontece no dia 25 de outubro no Beverly Hilton Hotel. Pelo segundo ano, a BritBox transmitirá o evento ao vivo para o público na América do Norte.

O Britannia Awards é o maior evento da Academia Britânica fora do Reino Unido, reconhecendo profissionais de cinema de ambos os lados da lagoa.

Os prêmios físicos foram redesenhados este ano (veja a foto) pelo diretor de arte Gary McMonnies, um ex-novato do BAFTA em Los Angeles.

Tradução: Equipe Lupita Nyong’o Brasil

Original: Deadline

15.10.19

Lupita Nyong’o revelou em suas redes sociais detalhes sobre a capa de seu primeiro livro infantil publicado, Sulwe.

Repararam em qualquer coisa?! Eu relatei muito da minha própria infância para escrever Sulwe, mas graças a ilustradora extraordinária Vashti Harrison, Sulwe e eu temos outra coisa em comum também: Nairobi Blue! A Vashti escolheu colocá-la numa cor de vestido semelhante à que usei no meu primeiro Oscar em 2014. Foi uma noite de que os sonhos são feitos, além da minha imaginação.

Com a Sulwe, queria dar permissão para a pele escura para existir no mundo dos sonhos e da imaginação, onde as possibilidades e o potencial realmente crescem. As ilustrações da Vashti fazem exatamente isso e eu gosto de cada página da sua arte.

Amanhã você poderá virar as páginas, ver todos os detalhes bonitos e percorrer a aventura de Sulwe pelas estrelas.

O livro será lançado amanhã, 15 de outubro, e no Brasil será lançado pela editora Rocco.

12.10.19

Nascida no México, Lupita Nyong’o, 36, foi criada no Quênia. Em 2013, estreou no filme 12 Years a Slave de Steve McQueen, um papel que lhe rendeu um Oscar. Ela estrelou Black Panther, interpreta Maz Kanata nos filmes Star Wars, está em Little Monsters. Neste mês, ela publicará Sulwe, um livro infantil, e apresentará um documentário do Channel 4, Warrior Women.

Quando você foi mais feliz?
Eu gostei muito do ensino médio em Nairobi: foi antes de todos terem uma câmera no telefone. Eu experimentei moda e penteados dos quais estou feliz por não ter nenhum registro.

Qual é o seu maior medo?
Não ter impacto em ninguém.

Qual é a característica que você menos gosta em você?
Indecisão.

Qual é a característica que você mais deplora nos outros?
Eu odeio agressão passiva.

Qual foi o seu momento mais embaraçoso?
Quando eu estava trabalhando no filme de terror Us, interpretando Red, um personagem ameaçador. No meu primeiro dia eu estava no personagem e todo mundo tinha medo de mim. E então fui usar o banheiro e alguém entrou – isso acabou com toda a ameaça.

Qual é o seu papel de parede?
A paisagem de Wakanda.

Qual seria o seu super poder?
Eu quero ser como o Gato Mentiroso, um personagem da série de quadrinhos Saga de Brian K Vaughan. Este gato pode dizer quando as pessoas estão mentindo; sempre que o fazem, ele diz: “Mentindo”.

O que você queria ser quando estava crescendo?
Um botânico.

Qual foi a pior coisa que alguém já lhe disse?
Alguém me disse que gosta quando estou com raiva. Eu não gostei disso.

Qual é o topo da sua lista de viagens?
Eu quero visitar a Escócia.

Qual é o seu prazer mais culpado?
Manicures.

O que você deve aos seus pais?
Muito dinheiro e todo o amor do mundo. Eles criaram seus pais para cada um de nós. Eu tenho cinco irmãos, e eles foram muito bons em nos expor a coisas pelas quais estávamos interessados.

Como é o amor?
Como a espuma em cima de um chocolate quente.

Qual foi o pior trabalho que você fez?
Esperei mesas por uma noite na virada do século. Eles estavam sendo exigentes com a maneira como eu colocava a comida nos pratos, e eu não poderia me importar menos.

O que você considera sua maior conquista?
Quando tenho uma lista de tarefas e concluí-a no tempo pretendido.

Qual foi o seu problema mais próximo da lei?
Meu amigo e eu pegamos emprestado um carro de outro amigo, que era viciado em heroína, e nós o estávamos dirigindo pelo país. A polícia estava prestes a nos parar e percebemos que não tínhamos verificado o carro para garantir que não havia drogas. Não tínhamos, graças a Deus.

O que te mantém acordada à noite?
Filmes de terror.

Qual é a lição mais importante que a vida lhe ensinou?
Não se preocupe com as pequenas coisas.

Tradução feita por: Equipe Lupita Nyong’o Brasil

Texto original: The Guardian

10.10.19

A Disney e a Lucasfilm já confirmaram três séries no universo Star Wars para complementar a história de personagens que não conhecemos tão bem dos filmes, e pode ser que venha mais uma produção focada em um personagem coadjuvante, a líder pirata Maz Kanata, interpretada pela atriz Lupita Nyong’o.

De acordo com o blog especializado We Got This Covered, a produção para a Disney+ protagonizada pela alienígena de pele laranja focará em explicar as lacunas do enredo da nova trilogia de Star Wars, como detalhes da guerra entre a Primeira Ordem e a Nova República. Não há mais informações disponíveis sobre elenco e direção do seriado por enquanto.

Maz Kanata é uma humanoide sensitiva à Força, ou seja, ela é capaz de perceber a energia mística, com alguns poderes como prever o futuro e ter uma espécie de sexto sentido mágico.

A personagem não é poderosa como um Jedi, mas tem mais de mil anos de idade e uma profunda sabedoria, adquirida ao longo dos séculos nos séculos nos atuou como uma “rainha pirata” que viajou pela galáxia e abriga contrabandistas e bandidos no castelo antigo que transformou em casa, que aparece em uma cena de Star Wars: O Despertar da Força (2015).

Caso a informação seja oficializada pela Disney, será a quarta produção de Star Wars para o streaming da empresa, que conta com The Mandalorian, uma série sobre Obi-Wan Kenobi com o retorno de Ewan McGregor ao papel e um seriado sobre Cassian Andor, um dos personagens de Rogue One: Uma História Star Wars (2016).

Texto Original: Rolling Stone

10.10.19

Lupita Nyong’o está prestes a lançar Sulwe, seu primeiro livro para crianças, que conta a história de uma menina que tem a pele mais escura que as outras pessoas de sua família.

Em entrevista para divulgar o livro para a BBC News, Lupita contou que foi vítima de colorismo na infância, e que desejava ter uma pele diferente.

Eu definitivamente cresci sentindo-me desconfortável com a minha cor de pele, porque eu sentia como se o mundo ao meu redor premiasse a pele mais clara” contou a atriz.

Segundo Lupita ela pensava que “não valia a pena”, pois sua irmã mais nova que tem a pele mais clara, era considerada “bonita” e “linda”.

Para a atriz o colorismo está ligado ao racismo, embora ela tenha o experimentado em uma comunidade predominantemente negra, no Quênia.

Nós ainda nos referimos a essas noções de padrões eurocêntricos de beleza, que depois afetam como nós nos vemos entre nós mesmos

Lupita contou que já foi considerada “escura demais” em um teste para um trabalho na televisão.

A atriz também contou que a relação com sua pele tem sido uma relação separada com a sua raça.

Raça é uma construção muito social, que eu não tinha que atribuir ao meu crescimento diário. Por mais que eu estivesse passando pelo colorismo no Quênia, eu não tinha conhecimento de que eu pertencia a uma raça chamada negra.

Segundo Lupita isso mudou quando se mudou para os EUA, “porque, de repente, a palavra negra estava sendo atribuída a mim e isso representava certas coisas às quais eu não estava habituada

A atriz também foi questionada sobre seu papel como Nakia, no filme Pantera Negra, que foi um dos maiores sucessos de bilheteria de 2018. Ao ser perguntada se o filme pode ter mudado a experiência de escalar atores negros, a artista respondeu: “Eu acho que o tempo vai dizer se essa foi aquela mudança essencial. Definitivamente, é assim que isso parece.



Site status
Nome: Lupita Nyong'o Brasil
URL: https://lupitanyongo.com.br
Websmater: João Victor
Redes Sociais: TWITTER | INSTAGRAM
Online: 02 pessoa(s)

O Lupita Nyong'o Brasil não tem nenhum contato com a atriz ou parentes/assessores de imprensa da atriz Lupita. Somos apenas um fansite com intúito de informar os fãs sobre ela, sem fins lucrativos. Caso alguma informação/conteúdo seja retirado do site, por favor, dar os devidos créditos.
Foto Destaque