04.04.19

Lupita Nyong’o está no auge da carreira: em cartaz como protagonista do filme de terror Nós, do diretor Jordan Peele (o mesmo do premiado Corra), já confirmou a adaptação cinematográfica do livro Americanah, sucesso da autora Chimamanda Ngozi Adichie e acaba de mostrar a capa de seu livro infantil Sulwe, ilustrado por Vashti Harrison.

A atriz falou pela primeira vez sobre seu livro em janeiro do ano passado, mas agora ele já tem “corpo”. Nesta semana, Lupita compartilhou com seus seguidores do Instagram uma imagem da capa do livro, que tem como protagonista a personagem com mesmo nome do título da obra.

Eu escrevi #Sulwe para encorajar as crianças (e todos realmente!) a amarem a pele em que estão e ver a beleza que irradia de dentro“, escreveu a atriz na legenda.

Segundo o The New York Times, a história relata a infância de uma menina no leste africano e seu sentimento de desconforto por ter a pele escura. Com o desenrolar do livro, ela começa a apreciar sua beleza.

Estou bastante contente com esse novo caminho que se abre para Lupita. Ela é uma das figuras negras mais importantes da mídia desde seu aparecimento. Além de reconhecida por seu talento, com um Oscar na estante, tornou-se ícone fashion e já foi eleita a mulher mais bonita do mundo. Uma inspiração para todas as idades!

O livro tem lançamento previsto para outubro, mas já está em pré-venda. Imperdível!

28.03.19

NOVA YORK — Não faltam imagens perturbadoras em “Nós”, o novo filme de Jordan Peele. Mas muitos dos sustos mais efetivos do filme vêm do som, e não das imagens. E nenhum som no filme é mais propenso a induzir pesadelos do que a voz de sua principal vilã, Red.

Interpretada por Lupita Nyong’o em dupla performance (ela também é Adelaide), Red se torna o enigma mais inquietante do filme no momento em que ela abre a boca pela primeira vez.

Em um monólogo no segundo ato, a voz de Red — um grunhido, como se suas cordas vocais tivessem sido roídas por ratos — sugere alguém que tenha visto o indizível, e leva uma performance já sinistra de Nyong’o a um nível ainda mais sombrio e sobrenatural. Saiba de veio essa voz, de acordo com entrevistas com Nyong’o e Peele.

Mesmo no roteiro, Peele não destava muitos detalhes sobre a verdadeira identidade de Red. Uma das poucas pistas dizia respeito à voz. Ele descreveu-a simplesmente como “arranhada” e insinuou uma misteriosa história por trás.

— Eu a descrevia como uma voz que não era usada há anos — relembra o diretor.

Nyong’o trabalhou em estreita colaboração com Peele no desenvolvimento da personagem, mas essa escassez de detalhes deu a ela muito espaço para criar. Num evento de moda antes da pré-produção, ela encontrou uma improvável inspiração ao ouvir um palestrante que lembrava a descrição de Peele.

Era Robert F. Kennedy Jr., que sofre de disfonia espasmódica, um distúrbio neurológico que causa espasmos involuntários da laringe. Aprender sobre o transtorno ajudou a fundamentar seu desempenho final.

— Eu fiquei fascinada e comecei a pesquisar — diz a atriz. — Encontrei pessoas com essa condição e construí a partir daí.

Red tem disfonia espasmódica, ou apenas fala como se tivesse? Talvez a gente nunca saiba. Mas com sua pesquisa Nyong’o se convenceu que a desordem era uma consequência plausível do triste histórico da personagem.

— Não fica realmente claro por que isso acontece, ou como isso acontece. Pode ser um trauma, a morte de alguém próximo ou uma agressão física. Varia. Para mim, pareceu muito orgânico como inspiração para Red, que teve esse tipo de passado sufocado — diz a atriz.

Nyong’o trabalhou com a treinadora vocal Beth McGuire, sua parceira também em ‘Pantera Negra” e na peça da Broadway “Eclipsed”. Com a ajuda de McGuire, a atriz pegou sua inspiração do mundo real e a impregnou de uma malevolência fantasmagórica.

— A personagem de Red é muito guiada pelo id, então queríamos que isso aparecesse na sua voz: a emoção crua, a raiva crua — diz Nyong’o.

Peele ouviu pela primeira vez a voz criada por Nyong’o durante a pré-produção, quando a atriz o chamou para um teste informal.

— Ela disse para eu me sentar e perguntou: ‘Você está pronto?’ — recorda o diretor. Ele não estava. Era diferente de tudo o que eu já tinha ouvido. Muito assustador.

Texto via: O Globo

27.03.19

Na última quinta (21) Us, estrelado por Lupita Nyong’o e dirigido por Jordan Peele (Get Out), estreou no Brasil, e na sexta (22) o filme fez sua estreia nos EUA.

O filme já vinha sendo assunto por onde passava, como por exemplo no Festival SXSW e também em Londres e NYC, onde aconteceram premieres, chegando a atingir 100% de aprovação no Rotten Tomatoes, com 58 críticas coletadas.

No último domingo a revista Variety liberou o resultado da bilheteria de Us em seu primeiro final de semana e o filme chegou a lucrar 70 milhões de dólares, sendo assim bateu alguns recordes, entre eles: terceira maior bilheteria de abertura de um filme de terror (perdendo para IT), segundo filme de 2019 com maior bilheteria (perdendo para Capitã Marvel, que totalizou 153 milhões de dólares) e filme de terror com roteiro original com maior bilheteria de estreia (colocando Um Lugar Silencioso em segundo lugar).

O filme ainda tem algumas semanas de exibição e a bilheteria será atualizada em todos os finais de semana, porém até o momento já foram arrecadados mais de 74 milhões de dólares.

18.03.19

Há mais de um ano surgiram inúmeras denúncias sobre casos de assédio envolvendo o produtor Harvey Weinstein, que desencadeou o surgimento da campanha #MeeToo, entre as várias vítimas estava Lupita Nyong’o, que contou recentemente em entrevista para o The Sunday Times Magazine, o porque resolveu quebrar o silêncio.

Segundo ela falar foi importante para que todos os acontecimentos não ganhassem poder sobre ela. “Por isso contei o que aconteceu. Percebi que seria mais útil dividir e participar da mudança do que deixar que a história me consumisse e se fortalecesse”

Em seu relato para o The New York Times, Lupita contou que os casos de assédio ocorreram em 2011, quando ela ainda era estudante e cogitava entrar no mundo do entretenimento. Weinstein insistiu para sair com ela e depois fazer uma massagem, que negou, e logo em seguida disse que tiraria as calças.

“Falei que ficaria desconfortável, ele se levantou para tirar as calças e eu saí do quarto em que estávamos” 

Completou Lupita, além disso a atriz acredita que perdeu muitos trabalhos em decorrência do acontecido.

16.03.19

Us, filme estrelado por Lupita Nyong’o e dirigido por Jordan Peele, já teve algumas premieres, entre elas, no Festival SXSW no Texas e em Londres.

A crítica especializada tem elogiado muito o filme, que conta com 100% de aprovação no site Rotten Tomatoes. Confira as melhores reviews feitas sobre o filme:

“Nós (2019): É tentador enquadrar ‘Nós’ como um episódio de Twilight Zone – e é, em alguns momentos, mais conceito do que personagens -, mas isso não faz justiça ao quão eficiente e envolvente o filme é por completo. Aquelas sequências de invasão a domicílio são absolutamente únicas”.

“Nós, de Jordan Peele, desfia seus nervos com precisão exata, ideias originais ambiciosas e momentos que vão traumatizar (da melhor maneira, como grandes filmes de gêneros o fazem?) uma geração inteira de jovens que se esgueiram para assistir. Além disso, Lupita. Está. Incrível”.

“Jordan Peele fez algo incrível. Nós é outro filme que você precisa assistir várias vezes. Tipo, mas que diabos. Mal posso esperar para sua estreia nos cinemas, em 22 de março!”

“O filme ‘Nós’ é uma super emocionante continuidade de Jordan Peele. Há tantas peças do quebra-cabeça para serem juntadas ao longo do caminho. E, claro, Lupita Nyong’o é uma força na atuação. Você nunca viu algo do tipo”.

“Eu não irei, nem por um minuto, alegar qualquer entendimento do que eu acabei de assistir, mas foi – confortavelmente – uma experiência cinematográfica Top 10 da minha vida inteira”.

“Nós, de Jordan Peele, é – definitivamente – uma carta de amor ao gênero do terror. A família amável, os slashers aterrorizantes, a trilha sonora de formigar a espinha dorsal, os baldes de sangue e mais importante, uma baita de uma experiência que vai colocar um sorriso permanente no seu apavorado rosto”.

“Nós é aterrorizante, bizarro, assustador pra caramba. Tem um pouco da vida de ‘Violência Gratuita, de Michael Haneke, mas o filme de Jordan Peele está em um outro nível de golpes”.

“CARAMBA, que filme assustador, confuso e p*** insano e, acima de tudo, incrível. Jordan Peele conseguiu de novo, com outra história de terror maravilhosa, cada performance é surpreendente. Mal posso esperar para ver o que Peele fará em seguida. Caramba”.

“Nós é cheio de camadas, assim como Corra! é. Essa é a genialidade de Jordan Peele. E ainda que eu odeie filmes de terror, mal posso esperar para assistir Nós várias vezes, para pegar todas as referências e easter-eggs que eu perdi hoje à noite”.

O filme estreia no Brasil um dia antes do que nos EUA, no dia 21 de março.

09.03.19

Durante uma entrevista para o Movie Web, para a divulgação de Us (Nós), que estreia 21 de março, Lupita Nyong’o contou qual foi o maior desafio para ela durante as gravações de Us.

Segundo ela o maior desafio imposto pelo diretor Jordan Peele era interpretar duas personagens mas sem se perder entre elas: “Foi desafiante interpretar dois personagens no mesmo filme. E foi esse desafio que me atraiu ao filme. Claro, trabalhar com Jordan Peele também estava na lista. Mas interpretar essas duas personagens consistia em um desafio de saber ir de uma personagem para a outra”.

A atriz Elisabeth Moss também falou sobre a questão de interpretação de duas personagens ao mesmo tempo: “Eu tive uma conversa de uma hora com Jordan no telefone que me ajudou no que eu tinha de fazer. Conversamos bastante sobre a versão boa e a má da minha personagem. Sendo uma atriz, eu já estava familiarizada com algumas questões referentes à minha personagem má”.



Site status
Nome: Lupita Nyong'o Brasil
URL: https://lupitanyongo.com.br
Websmater: João Victor
Redes Sociais: TWITTER | INSTAGRAM
Online: 02 pessoa(s)

O Lupita Nyong'o Brasil não tem nenhum contato com a atriz ou parentes/assessores de imprensa da atriz Lupita. Somos apenas um fansite com intúito de informar os fãs sobre ela, sem fins lucrativos. Caso alguma informação/conteúdo seja retirado do site, por favor, dar os devidos créditos.
Foto Destaque